Livro 'Investimentos Inteligentes' (Gustavo Cerbasi)

“ Se o conhecimento fazia diferença antes, hoje ele é imprescindível para que você colha um mínimo de resultado e não perca da inflação.” - Gustavo Cerbasi



A internet está cheia de cursos que teoricamente te ensinam a enriquecer da noite para o dia. Mas será que colocar a sua liberdade financeira em uma “dica quente” quanto ao mercado de ações realmente traz resultados?


Em Investimentos Inteligentes, o consultor financeiro Gustavo Cerbasi explica que não existe um único investimento perfeito, e sim maneiras mais indicadas de investir de acordo com as necessidades de cada pessoa.


No post de hoje nós da BH 109 trouxemos alguns trechos do livro de Cerbasi que podem te ajudar a ter um melhor entendimento do que seriam Investimentos Inteligentes.



  • “Riscos não devem ser evitados, mas sim administrados” - Gustavo Cerbasi.


Isso não quer dizer que o investimento em ações é melhor do que o investimento em um negócio próprio. Para montar um negócio, o investidor precisa ter perfil empreendedor. E empreender é justamente assumir riscos, na maioria das vezes, sensivelmente maiores do que alternativas de investimentos padronizadas, como os produtos financeiros. Investidores, por sua vez, não correm riscos, mas sim administram riscos. O melhor investimento para você será aquele com o qual você se sinta mais à vontade para administrar e para buscar mais informações.” (Cerbasi, pag 22, 2008).



  • “Tão importante quanto a escolha do investimento é a escolha de quem o ajudará a acessá-lo” - Gustavo Cerbasi.


A negligência nessa escolha pode levá-lo a pagar desnecessariamente mais tarifas e mais impostos, além de limitar seu acesso a alternativas realmente diferenciadas. Importante também é ter uma carteira adequada de prestadores de serviços a sua disposição, previamente pesquisada e selecionada, para não ter que recorrer a eles apenas no momento em que a oportunidade surgir. A partir do momento em que você decidir dar um rumo inteligente a seu dinheiro (acredito que já tenha feito isso, antes de começar a leitura deste livro), recomendo que você procure ter, pelo menos:


  • Uma conta corrente ou conta poupança aberta em um grande banco, objetivando a movimentação diária;

  • Uma segunda conta-corrente, objetivando manter nela seus investimentos e serviços que exijam bom relacionamento, como cartões de crédito;

  • Cadastro feito e documentado em pelo menos duas corretoras de valores, objetivando a compra de ações e de títulos públicos;

  • Contato com um corretor de seguros e previdência experiente e de confiança, ou bem recomendado. “ (Cerbasi, pag 135, 2008).



  • “Para escolher qual fundo de renda fixa é melhor para você, também é preciso saber qual tipo de rendimento quer para seu investimento” - Gustavo Cerbasi.



Um pouco de organização pessoal e tempo para as primeiras operações através do Tesouro Direto podem ser recursos preciosos para que você se sinta a vontade na negociação de Títulos Públicos e, com isso, economiza uma boa rentabilidade ao deixar de pagar taxas de administração para fundos de renda fixa. Afinal, para escolher qual fundo de renda fixa é melhor para você, também é preciso saber qual tipo de rendimento quer para seu investimento (pré ou pós-fixado). No Tesouro Direto, você apenas refina essa escolha. Destaco que outro fator fundamental na escolha da melhor alternativa de renda fixa para você é o impacto dos impostos. A complexidade deste assunto mereceu uma discussão a parte, mais ao final deste capítulo.” (Cerbasi, pag 148, 2008)



Você pode ter acesso a mais conteúdo de Gustavo Cerbasi nas redes sociais no @gustavocerbasi


Já leu algum livro do autor?




2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

contato@businesshouse109.com

(55) 3029-5909 / 99730-9890

R. Paul Harris, 109 - Centro, Santa Maria - Rs 

97015-480, Brasil

Receba nossas informações

Nos siga nas redes sociais

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon